Após desentendimentos com Rocha, Bittar deixa PSDB e se filia ao PMDB de Flaviano

Publicado em 31 de julho de 2017 às 22h:06

Por Mário Célio

O ex-deputado federal Marcio Bittar, candidato derrotada na eleição para o governo do Acre em 2014, deixou o PSDB e se filiou ao PMDB. A informação foi anunciada pela deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB) através das redes sociais na tarde desta segunda-feira (31).“Prego batido e ponta virada. Em reunião da Executiva do PMDB, sacramentamos a vinda de Márcio Bittar com a chancela do Vagner Sales”, escreveu Sinhasique.

A deputada peemedebista afirma que a chegada de Bittar ao PMDB vai fortalecer o partido nas eleições do próximo ano, inclusive a pré-candidatura de Gladson Cameli ao governo do Acre.

“Articulação e planejamento para o fortalecimento do partido e da pré-candidatura ao governo de Gladson Cameli”, disse.

Bittar deixa o PSDB após desentendimentos com o atual presidente do partido no Acre, o deputado federal Wherles Rocha. Bittar inclusive tentou retomar a presidência do PSDB, mas não conseguiu. Sem espaço dentro da sigla e sonhando em disputar uma cadeira no Senado, o ex-deputado federal decidiu mudar de partido.

Marcio Bittar deixa o PSDB após dois mandatos de deputado federal e dirigir o partido no Acre.

Compartilhar

Comente essa matéria