Bolívia é punida e Argentina cai na tabela das Eliminatórias

Publicado em 02 de novembro de 2016 às 10h:20

Por Mário Célio

download-3A Bolívia já é uma das mais fracas seleções da América do Sul. Nas Eliminatórias para a Copa de 2018, o time era o nono colocado, com apenas oito pontos. A situação piorou ainda mais nesta terça-feira.

O país foi punido pela Fifa por usar, irregularmente, o volante Nelson Cabrera, nos jogos contra Peru e Chile, disputados no mês de setembro. A Bolívia havia conquistado bons resultados, vencendo os peruanos e empatando, fora de casa, com os chilenos.

A entidade que rege o futebol mundial decidiu que os jogos, automaticamente, se tornaram vitórias dos rivais dos bolivianos, pelo placar de 3 a 0. Assim, a equipe comandada por Ángel Guillermo Hoyos perdeu quatro pontos, mantendo o nono lugar, mas agora com apenas quatro pontos na tabela.

As mudanças foram positivas para o Peru, que ganhou três pontos, subindo a 11 pontos na tabela, ainda em oitavo lugar. O Chile foi ainda mais beneficiado. A equipe conquistou dois pontos na classificação, suficientes para alçar o time ao quinto lugar, zona de classificação à repescagem. Antes, os atuais bicampeões da Copa América estavam em sétimo.

Quem foi prejudicado pela punição foi a Argentina. O time de Lionel Messi era o quinto, indo à repescagem. Agora, caiu para sexto e, se as Eliminatórias acabassem hoje, estariam fora do Mundial da Rússia. Na próxima rodada, os comandados de Edgardo Bauza vem ao Brasil, encarar a Seleção de Tite.

Compartilhar