Câmara de vereadores aprova reajuste salarial de R$ 15 mil para prefeito de cidade onde até bicicleta atola

Publicado em 02 de dezembro de 2016 às 10h:50

Por Mário Célio

Mais um reajuste salarial que contempla prefeito e vereadores, para o exercício 2017/2020, foi sancionado desta vez em Manoel Urbano (AC). A edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira, 2 de dezembro, estabelece o novo rendimento para o prefeito e vereadores por força das Leis Nº 400/2016 e  401/2016.

O subsidio mensal dos vereadores do município foi fixado em R$ 3 mil . O presidente e 1° secretário da Câmara Municipal receberão R$ 4 mil e R$ 3, 5 mil respectivamente.

No bolo, os vereadores aprovaram ainda a Lei Nº 402/2016, que institui a verba indenizatória mensal destinada ao ressarcimento das despesas, relativas ao exercício do mandato parlamentar, no valor máximo de R$ 300,00 e R$ 500,00 por ano para auxilio terno.

Já o prefeito que será empossado, José Altanízio (PMDB), receberá salário de R$ 15 mil e seu vice R$ 12 mil.manoelurb_cidade_850

Manuel Urbano é uma das cidades do Acre que apresenta grande problema de infraestrutura. As péssimas condições da BR 364 chegaram às ruas do município que parece ter sofrido um bombardeio, tamanho o número de buracos. O município completou 53 anos de fundação com vários protestos, inclusive de taxistas que atuam no trecho Manoel Urbano/Rio Branco.

A rua Mendes Araújo, uma das principais da cidade, se transformou em um caminho estreito. Quando chove até as bicicletas ficam impossibilitadas de trafegar no local. A situação ficou tão precária que, aos 62 anos, o produtor agropecuário, com ensino médio completo, eleito em 2012 pela primeira vez com o apoio dos partidos PP, PMDB, PSC, PPS, DEM, PSD e PT do B, o prefeito Ale ameaçou renunciar ao cago.

Fonte:ac24horas

 

COMPARTILHAR