Campanha nas redes sociais pede que o promotor de justiça permaneça em Feijó

Publicado em 07 de julho de 2017 às 09h:04

Por Mário Célio

Uma campanha em prol do promotor de Justiça, Dr. Ocimar Sales Junior, de permanecer na unidade ministerial de Feijó cresce nas redes sociais.  A campanha batizada de “Não deixe Feijó” se espalhou rapidamente pela rede social Facebook. O ato destaca a preocupação do promotor em solucionar os problemas que de longa data afligem a população Feijoense, e garantindo a todos o pleno exercício do direito à cidadania.Segundo os internautas, sua permanência em Feijó será de fundamental importância para continuidade dos trabalhos que vinham sendo realizados nos diversos seguimentos da sociedade; com palestras em escolas, apoio as instituições e visitas as famílias que vivem em situações de vulnerabilidade.

De acordo com as mensagens publicadas, nas redes sociais, se percebe nitidamente, que boa parte da população não aceita que o promotor de justiça, Dr. Ocimar Sales Junior seja transferido para outra localidade, sem antes consultar a população.

 

COMPARTILHAR