Deputada denuncia, que escolas do Acre negociam com facções criminosas para garantir aulas

Publicado em 22 de junho de 2017 às 18h:00

Por Mário Célio

Durante a sessão desta quinta-feira (22) a deputada Eliane Sinhasique (PMDB) lamentou a informação veiculada na imprensa acriana afirmando que diretores de escolas do Acre estariam negociando com chefes de facções um acordo de paz. Para a peemedebista, o fato é ‘vexatório’ para a Segurança Pública do Acre. Ela defendeu o reforço do pelotão escolar.

“É com muita tristeza que a gente vê esse tipo de manchete: ‘Diretores fecham acordo com facções para manter segurança em escolas do Acre, diz sindicato’. Imagine o descrédito que a Segurança Pública chegou aqui. Imaginem vocês, fecharem um acordo com criminosos para ter segurança nas escolas. Isso está acontecendo no Ejorb. O diretor fez um acordo com facções criminosas para ter aulas na escola. Tivemos aquele episódio em Sena Madureira, depois uma bomba foi jogada na Escola Glória Peres.

Eliane Sinhasique disse, ainda, que é fundamental que os parlamentares exerçam a função de fiscalizar. Pontuou que muitos gestores estão inertes em seus cargos e precisam de um choque de realidade para atuarem em suas pastas.

COMPARTILHAR