Drogas pode ter sido a causa de mais um suicídio em Feijó

Publicado em 26 de novembro de 2016 às 23h:49

Por Mário Célio

O índice de mortes por suicídio no Município de Feijó tem números elevados nos últimos anos e devem está relacionados a um determinante fator. Já que os últimos casos tiveram a mesma semelhança e caminha para fortes evidências do consumo de drogas. O caso mais recente foi registrado pela polícia na manhã dia 26 de novembro no parque do buritizal próximo a movelaria do Zizi. Segundo informações dos familiares, a polícia foi acionada para atender uma ocorrência e quando chegou ao local, o filho da professora chiquita, conhecido pela alcunha de neto, estava pendurado por uma corda em uma árvore, sem quaisquer sinais vitais. (morte instantânea) O corpo de Neto foi conduzido ao hospital geral de Feijó para autopsia e depois libertado para o velório na casa de sua genitora. O indício que possivelmente tenha levado Neto a praticar suicídio pode está relacionado ao consumo de drogas, além de outras práticas. Pelas as informações prestadas pela professora Chiquita, seu filho já tinha tentado se enforcar outra vez, mais foi socorrido e evitado o mal. Outro fato lembrado por sua mãe foi um bilhete escrito bem antes da sua morte, com as seguintes frases: O destino tomará conta de mim, peço perdão a todos e me encontrarão próximo a movelaria do Zizi. Neto será sepultado pela manhã de Domingo no Cemitério santa cecília.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

COMPARTILHAR