EM FEIJÓ: Gestão dos recursos hídricos e queimadas são debatidas em oficina

Publicado em 16 de julho de 2017 às 23h:27

Por Mário Célio

O governo do estado, através da Secretaria de Meio ambiente (SEMA), em parceria com Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Feijó (SEMMA), realizaram na última quinta-feira, 13, no prédio do CEDUP, a primeira oficina de capacitação, sobre os recursos hídricos e queimadas na região.

Na abertura da Oficina de Capacitação, órgãos como; DEPASA, IMAC, Sindicato dos Trabalhadores Rural, Secretaria de Educação, Secretaria de Agricultura, Secretaria de Obras, Ministério Público, SEAPROF e sociedade civil organizada, debateram através de seus gestores, temas abordados sobre recursos hídricos e queimadas, coordenados pelos os técnicos da Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Acre, Maví de Sousa e Conceição Marques.

De acordo com os técnicos da SEMA, a água é reconhecida como um direito humano. Mas, devido à má gestão dos recursos hídricos e poluição, estima-se que 20% da população mundial não tenha acesso à água limpa.

Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), 1.400 crianças, abaixo de cinco anos, morrem diariamente em decorrência da falta de água potável, saneamento básico e higiene

A oficina tem por objetivo desenvolver e disponibilizar treinamentos nas instituições locais, para difundir conhecimentos e princípios na área de recursos hídricos.

Serão apresentados métodos e ferramentas utilizados em projetos, programas e políticas de governos, organizações de usuários e sociedade civil.

Para a diretora da Secretaria de Meio Ambiente de Feijó, Matildes de Araújo, temasimportantes ligados a natureza, precisam serem tratados de forma excepcional pela sociedade, principalmente quando estejam relacionados com o líquido mais precioso do planeta, a água. Ela afirma que todos os cuidados relativos a preservação da água, terá fiscalização rigorosa por parte de Secretaria.

Compartilhar

Comente essa matéria