Em menos de 5 dias, acreano é julgado e condenado a 20 anos por roubar na Bolívia

Publicado em 05 de fevereiro de 2017 às 13h:30

Por Mário Célio

A Justiça Boliviana no Departamento de Pando, onde fica localizada a cidade de Cobija, próxima à fronteira com o Brasil, com certeza surpreendeu o jovem Ítalo da Conceição da Silva, de 21 anos, que foi preso após tentar assaltar um mototaxista e atirar três vezes com um revólver contra a vítima.

Ítalo foi preso por policiais quando tentava fugir, ele é reincidente em roubos na Bolívia. Após ser detido na segunda-feira (30), o acreano natural da cidade de Plácido de Castro sequer teve tempo de esquentar o banco da cela.

Segundo informações repassadas, em apenas cinco dias o acreano teria sido julgado e condenado neste sábado (4), a cumprir uma pena de 20 anos de reclusão no presídio de San Pedro de Chonchocoro, considerado o terror para os condenados no país, localizado nas montanhas de La Paz.

Com informações do Alto Acre.

COMPARTILHAR