Casos de malária aumentam 23 % em Cruzeiro do Sul

Publicado em 02 de novembro de 2016 às 08h:13

Por Mário Célio

malariaOs casos de malária em Cruzeiro do Sul (AC) aumentaram 23% em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a setembro de 2015, pelo menos  9.793 pessoas foram infectadas com a doença. Já em 2016, o número aumentou para 12.882. Somente em setembro, foram registrados 1.312 casos de malária, e a previsão é que neste mês de outubro os números cheguem a 1.800.

Em apenas um dos locais de realização e exames, no Hospital do Juruá, do dia 27 de setembro ao dia 30, foram confirmadas 98 pessoas infectadas. A doença que era considerada tipicamente rural, hoje se alastra pela zona urbana, atingindo principalmente áreas periféricas.

Bairros como Santa Terezinha, Saboeiro, Nossa Senhora das Graças, Aeroporto Velho, Mutirão da Cohab, Cruzeirinho, e outros, têm sido afetados diretamente pelo mosquito transmissor da malária, uma doença infecciosa febril aguda transmitida pela picada da fêmea do mosquito Anopheles, infectada por Plasmodium.  Há mais de dez anos a doença se mantém como epidemia no município, atingindo milhares de pessoas na região. Do ano passado pra cá, os casos aumentaram consideravelmente.

COMPARTILHAR