Membros de facção executam estudante dentro da sala de aula no interior do Acre

Publicado em 23 de maio de 2017 às 17h:42

Por Mário Célio

Um adolescente de 15 anos, identificado pelo nome de Samuel morreu depois de ser atingido por disparos de arma de fogo enquanto estava na sala de aula, na escola Raimundo Hermínio de Melo, em Sena Madureira, distante 144 km de Rio Branco.

O crime aconteceu diante de vários colegas da vítima que também estavam na aula. Alguns estudantes relataram que um grupo de criminosos chegou á sala e armados, foram até o jovem Samuel e dispararam várias vezes.

“Eles entraram na sala, falaram para a professora que era para ela ficar calma pois só iriam pegar o aluno. Renderam ele e atiraram. Depois disso fugiram por trás da escola”, relata o delegado.

Foto: Reprodução

Atingido no peito e na cabeça, o estudante ficou agonizando no chão enquanto os bandidos escreviam na parede da escola as iniciais de duas facções criminosas, como se estivessem assumindo o crime.

O Samú foi acionado e prestou socorro ao aluno, mas ele morreu durante procedimento no Hospital da cidade. Ninguém até o momento foi identificado como autor do homicídio.

Compartilhar

Comente essa matéria