O chefe do DNIT no Acre quebra o silêncio e acusa grupo político de terrorismo

Publicado em 14 de janeiro de 2017 às 09h:47

Por Mário Célio

O Diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes no Acre, Thiago Caetano, usou a sua principal página do Facebook para tecer duras críticas aos políticos que fazem terrorismo no Acre.

A nota divulgada está endossada pela pelos parlamentares: Gladson Cameli, Nicolau Junior Cândido da Silva, Jéssica Sales e Alan Rick Miranda. Leia na íntegra as declarações de Thiago Caetano:

“Temos visto e ouvido nos últimos dias muitas reclamações, declarações, críticas e acusações em relação às nossas rodovias… Eu até entendo que exista desconfiança por parte da população, dado todo histórico de como as coisas foram feitas no passado… Em relação a isso, temos buscado quebrar essa desconfiança, mostrando trabalho, transparência, técnicas inovadoras em nossa região… E, para essas pessoas, verdadeiros cidadãos, Acreanos que só querem o melhor para nosso estado, para esses eu tenho a maior paciência do mundo em conversar, explicar e ouvir… Mas, existe um grupo de pessoas, mal intencionadas, em sua maioria ligada ao setor político, cidadãos que nunca fizeram nada de concreto ao nosso estado, nunca se quer perderam uma noite de sono (como eu já perdi dezenas de vezes) em busca da melhor solução para nossos problemas, pessoas cujo principal objetivo na vida é sugar do coletivo em prol de interesses pessoais… Por esses eu só posso orar, e Clamar que Deus tenha misericórdia dessas pessoas de coração e mente obscura…

Após esse pequeno desabafo, vamos para parte técnica… Temos escutado diversas inverdades maldosas nos últimos dias, que buscaremos quebrar agora com dados técnicos…
A primeira inverdade é que o DNIT não está atuando na rodovia, que não temos cumprido o que foi anunciado na vinda do Ministro em Dezembro… Em relação a isso, informamos que os trabalhos foram iniciados no dia 13 de dezembro, exatamente há um mês, em um mês de trabalho (levando em conta que houve natal e ano novo no meio… onde a produtividade cai, em função das folgas obrigatórias que a empresa dá aos seus funcionários), já corrigimos 40 pontos distintos ao longo da rodovia, entre Sena Madureira e o rio Liberdade: nos quilômetros 312, 338, 339, 340, 343, 347, 348, 351, 352, Acesso a Manoel Urbano (km 0,5, 1,5 e 2,5), 368, 423, 424, 425, 426, 427, 428, 429, 431, 432, 433, 442, 443, 444, 445, 450, 497, 507, 511, 516, 521, 658, 659, 661, 664, 673… Em cada quilômetro deste, corrigimos dezenas de buracos de atoleiros, que já somam mais de 200 buracos de atoleiros corrigidos, espalhando pedra… Já carregamos quase 3.000 m³ de pedra para esse trecho… Se não fossem esses serviços, com certeza a rodovia já teria sido fechada…

Outra inverdade (Terrorismo Político) propagada é que a rodovia irá fechar… Não! Ela não irá fechar! Iremos continuar todos esses trabalhos descritos acima e o compromisso de manter o abastecimento do Vale do Juruá…

Outra inverdade propagada é que iríamos restaurar a rodovia agora no inverno e melhorar as condições de tráfego… Outra mentira… Nosso compromisso sempre foi restaurar a rodovia no próximo verão e, nesse inverno, MANTÊ-LA ABERTA… Isso significa que os serviços que serão feitos durante o inverno serão os paliativos e emergenciais que por ventura possam levar ao fechamento da rodovia: Grandes Erosões e pontos de atoleiros… Agora, obviamente que a viagem entre Cruzeiro e Sena, continuará cansativo ao longo desse inverno… Pois qualquer serviço feito além destes que estamos fazendo, neste momento de inverno, seria um desperdício de recurso público… E, uma das principais Metas do DNIT é que nenhum serviço recurso público seja mal investido ou perdido…

Outra Inverdade propagada é que temos colocado poucas máquinas… Apenas para enganar a população… Pela quantidade de pontos corrigidos em um mês, pode-se ver facilmente que isso não passa de uma falácia… Eu até entendo o desejo e anseio da população em que restauremos logo toda a BR… Essa intenção é válida. Mas, tenho falado que a população precisa entender que nós do DNIT não temos um cheque em branco no qual podemos investir recursos sem fim nessa rodovia, e nem quantidade infinita de pedra a ser jogada… Se colocarmos amanhã cem máquinas na pista, em uma semana acaba a quantidade de pedra prevista a ser espalhada durante o inverno e, se der uma chuva forte e novos pontos críticos surgirem, não teremos como resolver a situação… Então temos conduzido a administração das pedras e equipes com extrema responsabilidade e planejamento, para que possamos atuar ao longo de todo inverno e manter a rodovia aberta… Não desabastecendo o Vale do Juruá…

Outra grande mentira é que não estamos realmente espalhando pedra… Por isso fiz questão de indicar cada ponto que já atuamos, e abaixo irei postar diversas fotos pares comprovar o discurso… O que pode estar acontecendo é que estávamos lançando as pedras e selando com solo (lançando uma camada de solo sobre as pedras), para que as mesmas não ficassem soltas danificando os veículos e evitando a infiltração de água, que poderia provocar a agulha mento da pedra…

No mais, Deixamos aqui claro o nosso compromisso com a melhor técnica, transparência, melhor aplicação dos recursos públicos… E, pedimos para a população um voto de confiança… Pois nosso trabalho é de longo prazo. É para resolver esse problema de forma definitiva. Não é para fazer política… Tapar todos os buracos com asfalto (que é muito caro) e depois de 6 meses a situação estar da mesma forma… Nosso compromisso é com o Povo… Com os usuários da rodovia… E, pra quem esperou duas décadas… Deem-nos mais esses meses de crédito… Porque a Rodovia não vai fechar e no verão nós vamos restaurar ela toda! De Sena a Cruzeiro… No final do ano vocês poderão sair de Sena até Cruzeiro sem verem nenhum buraco…”

Atenciosamente,

Thiago Caetano – DNIT – ACRE
Gladson Cameli
Nicolau Junior Cândido da Silva
Jéssica Sales
Alan Rick Miranda

 

Compartilhar

Comente essa matéria