Os três senadores acreanos mantiveram Renan no cargo, contra liminar do STF Mesa do Senado recusa aceitar saída Renan. Documento tem assinatura dos três senadores do acre

Publicado em 06 de dezembro de 2016 às 15h:10

Por Mário Célio

A decisão da mesa diretora do senado, de manter o senador Renan Calheiros em seu cargo, até a decisão final da análise da liminar do ministro Marco Aurélio pelo colegiado do STF leva a assinatura dos três senadores acreanos, todos integrantes da mesa.os-tres-senadores-do-acreA direção é composta por 11 senadores, dos quais nove assinaram a carta de recusa da saída de Renan. São os seguintes os senadores que assinaram o documento para descumprir a decisão monocrática do ministro e manter o presidente da casa no Cargo:

Presidente do Senado, Renan Calheiros

1º vice-presidente, Jorge Viana (PT-AC)

2º vice-presidente, Romero Jucá (PMDB-RR)

1º secretário Vicentinho Alves (PR-TO)

2º secretário, Zezé Perrella (PTB-MG)

3º secretário, Gladson Cameli (PP-AC)

1º suplente, Sérgio Petecão (PSD-AC)

2º suplente, João Alberto Souza (PMDB-MA)

A senadora Ângela Portela (PT-RR) também é integrante da Mesa Diretora, mas sua assinatura não consta da carta. Ela é 4ª secretária. A assinatura de Elmano Férrer (PTB-PI), 3º suplente, também não aparece no documento.