População de Feijó se prepara para volta do transporte aéreo durante o inverno

Publicado em 31 de julho de 2017 às 07h:41

Por Mário Célio

Moradores do município de Feijó estão bastante apreensivos, diante da lentidão, que a empresa contratada para recuperar os 72 km do trecho da BR 364 que liga Feijó, ao rio Jurupari. Já se comentam nos bastidores, a volta de aviões de pequeno porte para evitar o isolamento da cidade com a capital do estado.

Quem percorre o trecho percebe perfeitamente, que os serviços executados pela empresa até a presente data, são insuficientes para execução das obras, antes da chegada do inverno.

Por outro lado, o diretor do DNIT, Thiago Caetano garante, que o trecho da BR 364 será recuperado no prazo estabelecido pelo o órgão. Embora, não seja a mesmo entendimento da população do município de Feijó.

Para a maioria dos feijoenses, o trecho não será recuperado até o final de setembro, como prever a superintendência do DNIT no acre. Tendo em vista, que os números de máquinas sejam insuficientes para a construção dos trechos a serem construídos durante os três meses do verão amazônico.

Por conta dessa desconfiança diante da população, não está descartada a volta das pequenas aeronaves para os transportes de passageiros, no trecho “Feijó Rio Branco” durante o período invernoso.

COMPARTILHAR