Prefeito morde e arranca pedaço da orelha de professor que cobrou três meses de salários atrasados

Publicado em 29 de dezembro de 2016 às 08h:04

Por Mário Célio

Registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Barras na manhã deste sábado (19) o professor de educação física Paulo José da Silva, conhecido como “PJ”. Ele teve sua orelha mordida pelo prefeito municipal de Boa Hora, Zé Resende, durante festa de colação de grau da escola Cecília Coelho de Resende, realizada na noite de ontem (18/12), no Ginásio Luiz Mamede, em Boa Hora.

O professor informou que se assustou com a mordida, pois nunca esperou uma reação desta. “Do nada, ele apareceu e mordeu minha orelha na frente dos estudantes, país dos alunos, padrinhos e convidados, só porque perguntei pelo meu pagamento que está atrasado há três meses”, conta Paulo José. O professor é funcionário da escola Cecília Coelho de Resende.

O ato tresloucado do prefeito repercutiu mal nas redes sociais. Não é a primeira vez que o prefeito reage com violência, segundo Maria Raimunda Júlio:  “Esse prefeito está viciado. Na festa de aniversário dele, deu uma tapa em um rapaz e agora mordeu a orelha do pobre do PJ, meu deus!”, comenta indignada a internauta.

“E eu que pensei já ter visto de tudo no mundo. É inaceitável uma situação dessas. Onde já se viu um prefeito agir como canibal? Sinceramente, é lamentável o rumo que essa história está tomando. E tudo por causa de um salário que é direito dos professores. Que vergonha”, destaca Tuane Paulino.

 

 

Compartilhar

Comente essa matéria