TARAUACÁ: MENOR ATIRA E MATA O PAI QUE A ESTUPRAVA HÁ 2 ANOS.

Publicado em 08 de fevereiro de 2017 às 15h:12

Por Mário Célio

Na manhã desta quarta feira (8), Policiais Militares foram acionados para se dirigirem até a Colônia São José, localizada no Ramal do Cachoeira no Município de Tarauacá, em razão de um homicídio que teria acontecido na noite desta terça feira, 7 de fevereiro.

Augusto Moraes da Silva, 34 anos foi morto com um tiro de espingarda que teria sido disparado pela sua própria filha M.E.A.S. de apenas 14 anos de idade.

Ao chegarem no local, depois de andarem por volta de 1 hora no ramal cheio de lama em um quadricículo, os policiais encontrara a filha e a mãe Maria José Alves de Souza, 45 anos em casa.

Para os policiais que atenderam a ocorrência, a menor confessou que atirou no próprio pai porque já não aguentava mais ser abusada sexualmente pelo mesmo, o que vinha acontecendo regularmente desde que a garota tinha 12 anos.

Ela contou que na noite de ontem seus pais começara a consumir bebida alcoólica e por volta das 23 horas, quando sua mãe já estava dormindo, seu pai pegou uma faca tipo peixeira e foi até onde ela estava e sob ameaça de matá-la e matar todos da casa, como fazia todas as vezes, mesmo ela tentando resistir, a estuprou novamente. No momento sua mãe acordou e travou uma luta corporal com o marido. Foi aí que a garota pegou a espingarda atirou no pai.

As duas foram conduzidas até a delegacia, bem como a arma usada no crime e o caso será está entregue ao Delegado José Obetânio.

O Delegado José Obetânio diz que a polícia irá fazer os procedimentos que são de sua competência, porém pelo que já apurou a garota cometeu o crime em legítima defesa da honra. “A garota será ouvida, vamos lavrar o procedimento que é o dever da policia. Já pedi o exame de conjunção carnal, avisarei ao Conselho Tutelar, mas, posso adiantar que pelo que apurei a mesma cometeu o crime em legítima defesa de sua honra”, disse Obetânio.

Compartilhar

Comente essa matéria