Técnico do Rio Branco-AC Sub-20 cita falta de sorte e de atenção em derrota

Publicado em 05 de janeiro de 2017 às 13h:56

Por Mário Célio

O Rio Branco-AC deixou escapar um ponto que pode ser fundamental para definir a classificação do grupo 25 da Copa São Paulo de Futebol Júnior, ao ser derrotado por 2 a 1 pelo Audax-SP, na noite desta quarta-feira (4), na Arena Barueri, em Barueri (SP). O Estrelão saiu na frente, aos 22 minutos do segundo tempo, mas sofreu o empate dois minutos depois e levou a virada aos 42 minutos, quando Luan deu a vitória ao time da casa, de cabeça. O gol no fim do jogo, que decretou o revés do Estrelão, fez o técnico do time acriano, Vanderson dos Santos lamentar o resultado negativo.Rio Branco-AC teve boa atuação na estreia da Copa São Paulo 2017, mas acabou derrotado de virada (Foto: Rio Branco FC/Divulgação)

– Poderíamos ter uma sorte melhor. Saímos na frente, mas depois tomamos um gol muito rápido. A gente não poderia ter tomado aquele gol muito rápido (de empate), um gol de desatenção, onde cobro eles, tem que marcar em cima, não pode dar espaço. E nós marcamos no olho. No final do jogo levamos um gol, onde vejo que faltou um pouco de atenção para que não fossemos derrotados nessa partida, que já estava acabando – avaliou por telefone.
O treinador do Alvirrubro considerou que a atuação da árbitra Regildenia de Holanda Moura foi caseira e acabou causando prejuízos ao Rio Branco, que agora não pode perder para o Santos, nesta sexta-feira (6), para seguir com chances de classificação à segunda fase. Vanderson dos Santos cita dois lances em que considera que jogadores do Audax poderiam ter recebido cartão vermelho.
– A arbitragem, acho que ela interpretou mal porque o goleiro saiu fora da área e deu um carrinho violento no Matheus (Morais) e no meu ponto de vista teria que ter sido expulso. Em outro lance, no meio do campo, um jogador deles cravou a chuteira na barriga do Vicente e ela poderia ter expulsado. E nesses dois lances, só deu amarelo. Se fosse contra o Rio Branco acho que seria vermelho. Mas sabemos que Copa São Paulo é dessa forma, na dúvida, eles sempre vão dar para o time da casa, para o time grande. Basta trabalharmos, nos dedicarmos cada dia mais para enfrentar a equipe do Santos na sexta-feira – comenta.

COMPARTILHAR