Transação de terrenos na gestão do PT pode gerar improbidade Administrativa

Publicado em 10 de fevereiro de 2017 às 11h:33

Por Mário Célio

Uma investigação minuciosa está sendo levantada no setor de cadastro da Prefeitura de Feijó, para descobrir pessoas envolvidas nas transações fraudulentas de doações de terrenos em áreas de APP. A Secretaria de Meio Ambiente, órgão responsável pela preservação de áreas consideradas de APP. Colocou em prática um plano para identificar quais terrenos que não pode ser habitados por particulares

As informações preliminares apontam que pessoas ligadas à gestão do Prefeito anterior, supostamente tenham recebidos terrenos em áreas do Município, por meio de doações ilícitas.

De acordos com relatos extraoficiais, o terreno que fica ao lado do INSS, foi doado a um cidadão de Feijó, e posteriormente vendido a uma denominação religiosa. Se comprovadas as ilicitudes das transações, a Prefeitura por meios de sua assessoria jurídica deverá encaminhar o caso ao Ministério Público do Município para as devidas providências

Compartilhar

Comente essa matéria