Acre é o 2º estado com maior proporção de famílias vivendo na extrema pobreza, aponta levantamento

Acre é o 2º estado com maior proporção de famílias vivendo na miséria, aponta levantamento — Foto: Iryá Rodrigues/G1

Acre é o 2º estado com maior proporção de famílias vivendo na miséria, aponta levantamento — Foto: Iryá Rodrigues/G1O Acre é o segundo estado do Brasil com maior proporção de famílias vivendo na extrema pobreza. Os dados fazem parte de um levantamento da consultoria Tendências divulgado nesta terça-feira (9) pelo jornal “Valor Econômico”.

A série da escalada da miséria foi iniciada pela consultoria em 2011. Os dados mostram que em quatro anos, de 2014 a 2017, a miséria no Acre dobrou. A proporção de famílias vivendo na extrema pobreza saiu de 5,3% para 12,2%.

Outro dado apontado pela consultoria é a dependência do setor público. O levantamento mostra que 44% da massa de rendimentos do Acre tem como origem os setores públicos municipal, estadual e federal. A média nacional é de 20%, conforme o levantamento divulgado pelo jornal.

Em todo o Brasil, conforme a consultoria, das 27 unidades da federação, 25 tiveram piora da miséria entre 2014 e 2017. Na média nacional, a pobreza extrema avançou de 3,2% em 2014 para 4,8% em 2017.