Com salários atrasados, servidores da Fundhacre param atividades e pacientes ficam sem atendimento

Os servidores terceirizados da Secretaria de Saúde do Estado do Acre (Sesacre) paralisaram suas atividades na Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre) nesta segunda-feira (29) por supostamente ainda não terem recebido os salários dos últimos meses do ano de 2017.

A denúncia, acompanhada das fotos dos balcões vazios foi encaminhada pelo enfermeiro João Batista Ferreira dos Santos, ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac).

Por conta da paralisação, os setores de atendimento ao público, notadamente no agendamento de consultas e exames da Fundhacre está paralisado e gerando um clima de revolta junto aos usuários daquele complexo hospitalar.

Apesar de ter havido o problema, a Sesacre informou não ter qualquer dívida para com as empresas terceirizadas e já ter inclusive efetuado uma advertência na forma de notificação pública sobre isso.