Com voto de Vanda, auxílio de R$ 600 chegará para pescadores, vendedores, agricultores e motoristas

A deputada federal Vanda Milani (SD) assegurou a ampliação do auxílio emergencial para quem mais precisa ao votar favorável a proposta que amplia o alcance do auxílio emergencial de R$ 600 durante a pandemia do novo coronavírus (PL 873/20).

“Acredito que estamos fazendo justiça social. Essa proposta chega para populações inseridas no território amazônico como os agricultores, pescadores artesanais e profissionais, vendedores, caminhoneiros, taxistas, cabeleireiros, motoristas de aplicativos e outros”, analisou a deputada.

Vanda Milani lembrou dos trabalhadores inseridos na economia solidária que passam a ser beneficiados pela ajuda. “O texto aprovado ajuda mais de 400 famílias organizadas como cooperativas e associações no Acre” acrescentou.

Ela também destacou a chegada do auxílio no campo ajudando além dos agricultores, famílias assentadas que não sejam da reforma agrária, “atingindo 5 milhões de pessoas necessitadas”, enfatizou.

Para evitar filas na Receita Federal, foi aprovado o destaque do PSB que proíbe a recusa do auxílio emergencial ao “civilmente identificado” que declarar “sob penas da lei” não ter CPF.

Ainda de acordo a deputada, ficou proibida alteração em aposentadoria, pensão ou benefício social devidos a pessoa idosa ou com deficiência ou vítima de doença grave durante o estado de calamidade pública decorrente da Covid-19.

“O cidadão acreano pode contar com o meu trabalho para ampliar a igualdade social fazendo chegar as ajudas necessárias aos que mais precisam”, concluiu Vanda Milani