Direito de resposta do médico Rodrigo Damasceno sobre a denúncia de vereadora

Sexta-feira, fui surpreendido com essa denúncia da vereadora de Feijó, Terezinha Moreira (PP), alegando que eu estava desrespeitando a legislação em estar trabalhando em meu Município e para tanto fizera uma denúncia no Ministério Público e Tribunal de Justiça!

De antemão, gostaria de reconhecer o direito da vereadora por tá em busca de melhoria a população de Feijó, que acho que merece tanto quanto Tarauacá ter melhores condições e oportunidades!

Talvez a senhora não saiba, mas tenho um filho com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e como tal necessita do máximo de atenção tanto minha como da mãe dele! E esse máximo de atenção é amparado com a lei estadual 2976/2015 e 3351/2017 http://www.al.ac.leg.br/?p=4050 e pela Lei Federal 13.370/2016

https://romario.org/noticias/lei-romario-horario-especial-para-servidor-com-conjuge-ou-filho-com-deficiencia-esta-em-vigor/.

Desta forma, espero dar por encerrado esta discursão! Pois os órgãos que a senhora foi me denunciar são justamente os que me asseguram e me resguardam de ficar próximo ao meu filho e inclusive ter minha carga horária reduzida para tal!

Sigo com carinho pela cidade de Feijó, mas gostaria que compreendesse que nesse momento meu filho precisa mais de mim! E talvez vereadora você não entenda, por não passar por essa situação, mas saiba que largaria tudo pelo meu filho e desejo saúde e sucesso a você e sua família para que não precise passar pelo o que estamos passando!

Dr. Rodrigo Damasceno