Estado vai decretar situação de alerta ambiental devido a focos de queimadas no Acre

O governo do Acre vai decretar na próxima segunda-feira, 12, no Diário Oficial do Estado (DOE), situação de alerta ambiental por conta do aumento do número de focos de calor e de queimadas no estado. A decisão foi tomada durante reunião de emergência ocorrida nesta sexta-feira, 9, entre o governo e representantes de instituições federais, estaduais, municipais e ONGs, que fazem parte da Comissão Estadual de Gestão de Riscos Ambientais (CEGDRA) e do Comitê Gestor Institucional de Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas – PPCDQ.

Nos últimos dias, a baixa umidade relativa do ar tem preocupado as autoridades, com número que chegam abaixo de 30%. Agora, cerca de 13 instituições se comprometeram a tomar medidas mais severas quanto a coibição de queimadas e estratégias de controle com fiscalizações.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente do Acre, a decretação de alerta ambiental serve para evitar o agravamento da situação atual, já que o período de estiagem ainda tem meses pela frente. “Precisamos levar em conta também a elevação de fumaça na atmosfera por causa das queimadas tanto nas áreas urbanas como nas rurais, colocando em risco a saúde da população, especialmente dos grupos de maior vulnerabilidade, como crianças e idosos”, diz Israel Milani.