Jovem agride a própria mãe e é assassinado a tiros pelo irmão no interior do Acre

O jovem Ronaldo do Nascimento Pereira, 18 anos, morreu na tarde do domingo (20), após ser baleado com dois tiros de espingarda que teriam sido efetuados pelo próprio irmão identificado como Cleildo do Nascimento Pereira. O fato aconteceu numa colônia no Seringal Maria Correia, que fica às margens do Rio Tarauacá, na zona rural do município de Jordão, no interior do Acre. Ronaldo estaria agredindo a própria mãe, quando o irmão interveio e o matou.

Ao jornal Folha do Acre, a Polícia Militar daquele município informou que o jovem era alcoólatra e sempre que bebia agredia a mãe, a senhora Maria de Lurdes, 60 anos. Cleildo estava caçando na mata, e ao retornar para casa presenciou a mãe apanhando do irmão. Revoltado, o homem efetuou dois tiros que atingiram as costas de Ronaldo. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu numa embarcação a caminho do hospital da cidade.