Juiz decreta prisão e vereador Juruna é procurado pela Polícia Civil; parlamentar não comparece à sessão

O juiz Robson Ribeiro Aleixo, da 1ª Vara Criminal de Rio Branco, decretou, nesta quarta-feira (29), a prisão do vereador de Rio Branco pelo PSL, Juruna.

O ato de decretação da prisão aconteceu dias após a Câmara Criminal ter rejeitado os embargos de declaração interposto emfavor do parlamentar.

Juruna foi condenado pela Justiça acreana a cumprir, em regime fechado, uma pena de 9 anos de condenação por ter cometido diversos crimes, entre eles peculato, falsidade ideológica e tráfico de influência.

Paralelo a decretação da prisão, o vereador Juruna será submetido ao crivo na Comissao de Ética da Câmara de vereadores de Rio Branco e poderá ter o mandato cassado.

Neste quarta-feira, o vereador não compareceu à sessão na Câmara de Rio Branco, que é marcada para ter início às 9 horas.