Maior Jornal do País destaca governador do Acre por quitar 13º de governo petista

A edição online do jornal Folha de S. Paulo publicou neste sábado, 16, uma matéria especial falando como novos governadores de estados em crise ainda quitam o 13º salário de 2018, com destaque para o governador Gladson Cameli, que conseguiu honrar corretamente o compromisso de pagar o salário dos servidores públicos estaduais.

Desde o mês de fevereiro, o governo Gladson Cameli está quitando a dívida herdada, que foi encerrada de uma vez em outubro. O total remanescente do décimo terceiro foi de aproximadamente R$ 70 milhões. Um compromisso cumprido com 31,7 mil servidores. De acordo com a Casa Civil, a quitação da dívida só foi possível em razão das medidas de austeridade adotadas pelo governo, como por exemplo, a reforma administrativa, que resultaram em uma economia de R$ 90 milhões aos cofres públicos.

A reportagem da Folha de S. Paulo ainda destacou que a situação mais complicada é a de Eduardo Leite (PSDB), no Rio Grande do Sul, e Fátima Bezerra (PT), no Rio Grande do Norte, que ainda não quitaram o 13º salário de 2018. Romeu Zema (Novo), de Minas Gerais, Gladson Cameli (PP), do Acre, e Ronaldo Caiado (DEM), de Goiás, só terminaram de pagar os atrasados neste semestre.

O recente anúncio feito pelo governador Cameli também foi lembrado pela reportagem. Gladson disse que irá pagar no dia 13 de dezembro, às 13h, a segunda parcela do 13º salário deste ano. A primeira parcela já foi paga em julho, como outro resultado da reforma administrativa e boa gestão das contas públicas