“Muita gente nomeando secretário. Esqueceram de falar com o governador eleito”, diz Gladson

Em entrevista na manhã desta sexta-feira, 12, ao jornalista Washington Aquino na TV 05 (Band local), governador eleito Gladson Cameli afastou boatos sobre nomes que já estariam circulando como possíveis secretários de seu governo.

“Eu sei que já há muita gente nomeando secretário. Esqueceram de falar com o governador eleito. Não se preocupem. Tudo vai ser com muita cautela e pé no chão”, afirmou.

Cameli não citou, mas no meio desses boatos estão os nomes de Ulysses Araújo e o delegado Adolfo Reges para o comando da Secretaria de Segurança Pública e Raphael Bastos, figura ligada ao deputado federal Alan Rick, cotado para assumir a Secretaria de Planejamento.

O progressista também falou sobre as empresas criadas e comandadas pelo Estado em parceria com empresários locais como a Peixes da Amazônia e a Acreaves e afirmou que a partir de 1º de janeiro o Estado vai repassar todo o gerenciamento dessas empresas para a iniciativa privada.

“O Estado não tem que se meter onde ele não dá conta. O Estado tem que dar conta da saúde, da educação. Se o Estado já não está dando conta da secretarias estaduais, vai se meter na iniciativa privada? Eu vou passar todas essas e empresas para a iniciativa privada para que elas possam gerar empregos, pra que elas possam pagar os impostos melhor, que aumente a nossa a arrecadação. Vou chamar os pequenos empresários dessas empresas e perguntar qual a melhor saída.