Mulheres são presas ao tentar entrar para visita íntima na Penal com carteiras falsas

Na quarta feira 15, oito mulheres foram presas ao tentar entrar no presídio Francisco de Oliveira Conde portando carteiras de visita falsas.

De acordo com agentes penitenciários, durante a revista eles conseguiram identificar através do código de barra que os documentos eram falsos.

A fraude foi descoberta quando os agentes notaram que todas as carteiras tinham o mesmo código. As mulheres foram levadas para a Delegacia Central de Flagrantes.

Segundo o delegado Carlos Baima, em depoimento, as mulheres contaram que teriam comprado as carteiras por uma quantia de R$ 200,00, cada uma.

Segundo o delegado, as suspeitas vão responder por crime de falsificação de documentos públicos, e podem pegar de 2 a 6 anos de reclusão.

Facebook0TwitterGoogle+SMSWhatsAppTelegramCompartilhar