Ney Amorim pode ir para articulação política

Segundo informações recebidas, o deputado estadual Ney Amorim, tem sido cotado para assumir a articulação política do governo de Gladson Cameli.

Ney Amorim foi eleito três vezes para deputado estadual e chegou a alcançar a maior votação para o cargo da história do Acre, com mais de 10.200 votos. O político mostrou ser um grande articulador quando foi eleito, em 2015, presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), com unanimidade dos votos.

Há alguns dias, o vice-governador Major Rocha chegou a declarar, através de uma coluna política, que não colocaria empecilho na nomeação de Amorim. Segundo Rocha, Ney inclusive apoiou ele é Gladson na reta final das eleições. As nomeações do segundo escalão começam a partir de fevereiro.

À frente da Aleac, o deputado ganhou destaque ao conquistar críticas positivas tanto da situação quanto da oposição. Além disso, Ney estreitou as relações entre os poderes Executivo e Legislativo.

O porta-voz do governo do Acre, Rogério Wenceslau, disse que há interesse por parte dos apoiadores de Ney, mas não confirmou a intenção de Cameli. “O governador não mencionou nada a esse respeito até agora”.

Até então, o cargo era cobiçado pelo ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales. Porém, no momento, Sales permanece impossibilitado de assumir cargos públicos devido a processos na Justiça.