Padre sugere fechar Igrejas em protesto contra violência

O Padre Massimo Lombardi de Rio Branco sugeriu em entrevista ao “Bar do Vaz”, que num domingo a ser estabelecido não se faça nenhuma celebração nas igrejas de Rio Branco, numa forma de protesto contra a violência reinante na Capital, e como meio de despertar as autoridades e a família para a grave questão.

Não seria a primeira vez que um ato desta natureza aconteceria, já ocorreu durante a fase de ação do “esquadrão da morte”, por uma determinação do Bispo Dom Moacy Grechi. Não deixaria de ser um ato de peso ante à situação.

Se a ideia do Padre Massimo descambar para o interior do estado vai causar o maior alvoroço na área de segurança pública, que terá uma árdua missão de conscientizar a sociedade que a segurança está sobre controle.