Polícia caça foragidos do presídio

Lista contém nomes de nove foragidos de penitenciária. Essa é a segunda fuga registrada no Presídio Francisco d’ Oliveira Conde em quatro dias.

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) confirmou, os nomes dos nove detentos que fugiram do presídio Francisco d’Oliveira Conde na noite de quarta-feira (28), em Rio Branco. Essa foi a segunda fuga registrada na penitenciária em quatro dias.

Foto: Divulgação

A suspeita, segundo o Iapen, é de que os presos tenham fugido rastejando pelo canto do muro para não serem vistos pelos sentinelas.

Os detentos que fugiram são: Adriano Vieira de Freitas, Almir Dias Virgínio, Antônio Acácio dos Santos, Antônio Diego Pereira Castelo, Antônio Jakson Silva e Silva, Célio da Silva Cunha, Dalys Diego da Conceição, Getúlio de Souza Pinheiro Junior e Ismaylan de Castro.

Com a nova fuga, sobe para 14 o número de foragidos da penitenciária. De acordo com o Iapen-AC, nenhum dos cinco presos que fugiram no último dia 25 deste mês foram recapturados. O órgão disse que continua com as diligências.

O Iapen-AC disse que a forma como eles saíram dos pavilhões ainda não foi identificada. No entanto, um agente penitenciário que não quis ser identificado relatou que os presos quebraram a parede e foram para outra cela onde os detentos já haviam serrado as grades.

O agente relatou ainda que o grupo saiu para o banho de sol, subiu na guarita do Pavilhão A durante a noite e utilizou uma “teresa” – corda de fabricação artesanal – para escalar o muro. Depois disso, eles fugiram pela parte onde fica a oficina de móveis da penitenciária.

O local por onde ocorreu a fuga foi confirmado pelo Iapen-AC. Os agentes, ainda conforme o Iapen-AC, sentiram falta dos presos quando foram servir o café da manhã.

Foto: Divulgação

Fuga do dia 25 de março

Na fuga do último dia 25, cinco presos conseguiram deixar o complexo prisional utilizando um andaime para escalar o muro. O andaime estava próximo do muro e era utilizado na reforma do Presídio de Segurança Máxima Antônio Amaro, que fica dentro do FOC.

Os detentos que fugiram são: Mikael Augusto Alves Leal; Thiago Ferreira de Araújo; Francisco dos Santos Braga; Dheyci de Angelo de Lima e Lima e Michael Douglas Vieira Pinheiro. Um sexto detendo que se preparava para pular foi capturado pelos agentes.

O Iapen-AC disse ainda que os detentos estavam com “teresas”, cordas feitas com lençóis, mas não conseguiram usar. Os agentes penitenciários utilizaram balas de borracha para evitar uma fuga em massa. Os detentos que fugiram estavam instalados no pavilhão L do FOC. Com informações O Alto Acre.