Polícia Militar negocia por mais de 4 horas com ex-militar do Exército armado e que ameaçava se matar no Boa União

No início da noite dessa terça, 28, um homem conhecido como Elton, que seria militar reformado do Exército brasileiro e paraquedista, teve um surto e teria se armado com duas facas, na casa de sua irmã, que fica localizada na Rua 27 de Dezembro, bairro Boa União, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e ao chegar ao local Elton teria subido para um telhado. Segundo informações de vizinhos, Elton teria servido durante dez anos na cidade do Rio de Janeiro no Exército como paraquedista, e teria sido reformado devido a um acidente, que teria lesionado o seu tendão do seu braço.

Durante a negociação, o ex-militar ameaçava se matar, armado com duas facas amarradas em suas mãos. Ele chegou a pedir a presença de soldados do quartel do Exército, afirmando que só iria se entregar quando os militares chegassem ao local.

Um sargento do 4º Bis chegou ao local, junto com uma guarnição, e o soldado continuou em cima do telhado, negando-se a descer.

Depois de todas as tentativas de convencer Elton a descer, policiais precisaram usar da força, utilizando uma pistola taser e balas de borracha, para conseguir imobilizar Elton.

Com facas na mão, Elton partiu para cima dos policias, conseguindo correr para o meio da rua. Com medo dele fazer alguém de refém, policias efetuaram disparos com bala de borracha, imobilizando o rapaz e encaminhando-o ate o Pronto Socorro.

De acordo com a família de Elton, ele estava a semana toda usando drogas e essa é a terceira vez que tentava se matar.