Sintesac se reúne com prefeito de Feijó para discutir jornada trabalhista de 30 horas

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac) esteve reunida na manhã desta terça-feira (21) com o prefeito da cidade de Feijó e equipe para discutirem o retorno das 30 horas semanais para os servidores em Saúde na cidade. Depois de uma manhã de negociação, ficou estabelecido o retorno das 30 horas para o próximo mês.

A reunião entre a diretoria do Sintesac, com a presença do representante local do sindicato, Agapito Bastos, e dos vereadores da cidade, foi produtiva, tendo ficado encaminhado que até o dia 15 de abril o prefeito retornará os serviços ao horário de trabalho normal de 30 horas, tão logo as novas contratações sejam efetivadas. Ficou ainda estabelecido a abertura de um concurso público para completar o quadro de servidores da Saúde.

Regime de 30 horas há 20 anos

Conforme relatou José Adaílton Cruz, presidente do Sintesac, antes do aumento da carga horária o expediente no município era corrido e com duas equipes, ajustado de forma a não haver interrupção no horário de almoço, e que essa jornada de 30 horas semanais permaneceu por 20 anos. Com isso criou-se um hábito entre os habitantes de Feijó, pois estes procuravam as unidades de saúde no horário de almoço para tomar suas vacinas, verificar pressão, controle de peso, diabetes, receber medicamentos e trocar curativos.