Cruzeiro do Sul: Ministro dos Transportes autoriza a manutenção da BR-364

Publicado em 13 de novembro de 2016 às 06h:43

Por Redação

Senador Gladson Cameli enfatizou a necessidade de boas condições no trecho para comunidade do Juruá /Foto: Reprodução
Senador Gladson Cameli enfatizou a necessidade de boas condições no trecho para comunidade do Juruá /Foto: Reprodução

O senador Gladson Cameli (PP-AC) confirmou na tarde desta sexta-feira (11) a assinatura da ordem de serviço da BR-364 no dia 17, em Cruzeiro do Sul. O ministro Maurício Quintella desembarca as 16h30 no aeroporto internacional de Cruzeiro do Sul ao lado do senador Gladson Cameli, o diretor-geral do DNIT, Valter Casimiro e o diretor de infraestrutura do DNIT, Antônio Garcia.

As 17 horas será assinada à ordem de serviço de manutenção da BR-364 em solenidade que acontecerá na cabeceira da ponte sobre o Rio Juruá, na Avenida Mâncio Lima. Quintella e os representantes do DNIT irão pernoitar em Cruzeiro do Sul.

A visita técnica à ponte sobre o Rio Madeira está confirmada para o dia 18. A comitiva sai às 6 horas do aeroporto de Cruzeiro do Sul para o município de Guajará-Mirim, em Rondônia. Eles fazem um deslocamento de carro por 150 km até o canteiro de obras, no distrito de Vista Alegre do Abunã. O início da inspeção está previsto para as 10h40. No local será concedido uma coletiva à imprensa do Acre e Rondônia.

Para o senador Gladson Cameli, a antecipação da chegada do ministro ao Acre sela a comemoração de uma das datas mais especiais ao povo acreano: o Tratado de Petrópolis que incorporou o estado do Acre ao território brasileiro.

“A luta é semelhante à incorporação do Acre ao território brasileiro, que naquela época obrigou outros acordos de navegação entre Brasil e Bolívia, como a construção da ferrovia até Guajará Mirim. Nossa batalha é pela integração do Juruá com o restante do Brasil e da ligação definitiva do Acre com o pacífico através de obras como a ponte sobre o rio Madeira, Anel Aviário de Brasileia e Epitaciolândia e a BR-364. Não tinha data mais simbólica para o Governo Federal reativar esse sonho”, disse Gladson Cameli.
Fonte: Contilnet

COMPARTILHAR