Mais de 38 mil eleitores de Rio Branco que não votaram nas eleições 2016 poderão ter registro do CPF suspenso

Publicado em 21 de novembro de 2016 às 17h:28

Por Mário Célio

foto_cpf_size_810_16_9_cpf_ficticioTendo em vista o encerramento das eleições 2016, há eleitores obrigados a votar e que não votaram ou justificaram. Para esses casos, a Justiça Eleitoral procede ao cancelamento do título de eleitor e como hoje existe uma integração com o banco de dados da Receita Federal, os CPF das pessoas nessa situação também são suspensos. Dessa forma, é importante que o cidadão nessa situação de não ter votado ou justificado faça o quanto antes a regularização do título de eleitor para que não tenha o CPF suspenso.

Caso haja a suspensão do CPF, o contribuinte deve primeiro realizar a regularização do Título de Eleitor e depois fazer a regularização do CPF em qualquer um dos órgãos conveniados (Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Correios).

Números de Rio Branco 

Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontam que que 38.275 eleitores deixaram de votar nas últimas eleições em Rio Branco. O número representa um percentual de 5,87% do total do eleitorado, que é de 241.198 votantes, conforme a Corte Eleitoral.

Compartilhar

Comente essa matéria