Márcio Bittar é despejado por correligionário do ninho tucano

Publicado em 31 de janeiro de 2017 às 22h:30

Por Mário Célio

A vida do ex-deputado Márcio Bittar não tem sido fácil após deixar a presidência do PSDB do Acre e anunciar sua esposa, Márcia Bittar, como presidente regional do Solidariedade no Estado. Segundo uma fonte ligada ao PSDB, o ex-deputado solicitou a devolução de uma mesa que tinha sido deixada por ele na sede do partido, mas o secretário-geral do PSDB, Correinha ordenou que todos os pertences de Márcio Bittar fossem deixados numa área externa da sede do PSDB.

]Nos bastidores do PSDB, os boatos dão conta que Márcio Bittar não se bica com Major Rocha. O burburinho é que Bittar edificou um caminho político alternativo e estaria de malas prontas para deixar o ninho tucano, ele só não esperava ser despejado por Correinha, dirigente que também fez parte de sua gestão à frente do PSDB. Dizem que os tucanos não são muito bons de voo. Vamos torcer para que o ninho do Acre esteja numa altura razoável quando os empurrarem Márcio Bittar definidamente para fora do partido político que também já foi comandado por Tião Bocalom, do DEM.

COMPARTILHAR