“Pangaré” é executado com 30 golpes de estoque dentro do presídio de Sena

Publicado em 08 de fevereiro de 2017 às 15h:31

Por Mário Célio

O presidiário Francisco Figueiredo da Cunha, conhecido pelo apelido de “Pangaré”, foi assassinado com cerca de 30 perfurações de arma branca pelo corpo. O crime ocorreu no início da tarde desta quarta-feira (8) dentro da penitenciária do município de Sena Madureira, no interior do Acre.

O homem teria se envolvido em uma confusão com os colegas de cela e acabou sendo executado com aproximados 30 golpes de “estoque”, arma artesanal produzida pelos próprios detentos.

A vítima foi socorrida pelos agentes penitenciários e levado ao hospital João Câncio, recebeu atendimento médico mas acabou não resistindo aos ferimentos e morreu. A motiva

COMPARTILHAR