Polícia apreende 43 quilos de drogas em caixa de isopor dentro de ônibus Manobrista do ônibus foi preso na rodoviária de Cruzeiro do Sul. Caso ocorreu na noite de sexta-feira (10).

Publicado em 11 de fevereiro de 2017 às 14h:10

Por Mário Célio

Agentes da Polícia Civil apreenderam 43 quilos de drogas que eram transportados dentro de uma caixa de isopor em um ônibus. A operação, que resultou ainda na prisão de Bruno Coelho de Souza, de 25 anos, ocorreu na noite de sexta-feira (10) na rodoviária de Cruzeiro do Sul, interior do Acre.

O delegado Lindomar Ventura diz que a polícia já estava monitorando Souza há algum tempo. O homem, que negou envolvimento com tráfico, trabalha como manobrista de uma empresa de ônibus.

“Nós estávamos investigando e sabíamos que havia alguém ligado à empresa fazendo o transporte de droga. Fizemos o acompanhamento da movimentação do ônibus desde cedo, ficamos de campana, e a noite na saída fizemos a detenção do acusado na rodoviária e outra equipe fez a abordagem do carro. Logo em seguida, quando começamos a conversar, o acusado já citou que estaria levando alguma coisa no ônibus, mas disse que não sabia”, explica Ventura.

O delegado falou ainda sobre a versão dada por Souza para a ocorrência e as contradições que levam a polícia a desconfiar da história.

“A princípio ele disse que seria uma encomenda de uma pessoa que teria dito que se tratava se açaí. Na verdade era um isopor cheio de droga. No celular dele existem mensagens e ligações que comprovam que ele tinha consciência desde o transporte até o final. O manobrista chegou ao terminal sozinho do ônibus, já com a droga dentro do veiculo. Para nós não existe dúvida que o Bruno sabia do destino”, afirma.

A caixa de isopor tinha o nome de uma mulher escrito por cima e deveria supostamente ser entregue em Porto Velho (RO). A polícia, entretanto, crê que seja uma história forjada. “Acredito que isso seja fictício. Ele não teve nem trabalho de camuflar a droga”, diz. O homem deve ser encaminhado ao presídio Manoel Neri, onde ficará a disposição da justiça.
tópicos:Cruzeiro do Sul

Comente essa matéria