Carnaval na capital é marcada por mortes e tentativas de homicidios

As primeiras noites de carnaval em Rio Branco, está sendo considerada violenta. Enquanto muitos se divertiam, foram registradas duas mortes por arma de fogo e mais cinco tentativas de homicídio nos bairros Defesa Civil, Tancredo Neves e na Avenida Amadeo Barbosa, no segundo distrito.

Na primeira ocorrência acompanhada pela polícia, três jovens foram alvejados a tiros na Rua Independência, região do bairro Dessa Civil, enquanto conversavam em frente a uma residência. Os suspeitos estavam de moto e fugiram após o crime tomando rumo ignorado. Os jovens Risney Cunha e Davi Souza foram encaminhados ao Pronto Socorro. Já o menor identificado apenas como “Rato” não resistiu ao tiro no  tórax e morreu no local.

Não demorou muito e policiais do segundo batalhão já receberam um outro chamado para atender a uma dupla tentativa de homicídio, ocorrida na Avenida Amadeo Barbosa, segundo distrito de Rio Branco.

Um homem e uma mulher, cujo os nomes não foram divulgados, foram alvejados por arma de fogo e encaminhados ao Pronto Socorro sem riscos de morte.

Já no bairro Tancredo Neves =, as vítimas Gelson Nascimento de Almeida e o amigo identificado apenas como Jackson saiam juntos de um bar localizado na rua Luiz Morais, proximidades do antigo box da PM quando os criminosos os surpreenderam com os tiros. Gelson Nascimento morreu a caminho do hospital dentro da viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência  (SAMU) e Jackson foi levado ao Pronto Socorro com um tino na perna sem gravidade.