Criminosos violam túmulos do cemitério de Brasiléia e levam dois crânios; polícia investiga o caso

Quando os funcionários da prefeitura chegaram para fazer a limpeza do cemitério São João Batista, na manhã desta sexta-feira (22), constataram que três túmulos haviam sido violados. O caso aconteceu em Brasileia, município do interior do Acre. Os cadáveres foram retirados dos jazigos e ficaram expostos, dois crânios foram levados pelos criminosos.

A suspeita é de que os ossos furtados no Brasil sejam contrabandeados para a Bolívia. Lá os crânios possivelmente são usados como material de estudo em faculdades de medicina. Os túmulos escolhidos pelos criminosos são sempre os mais antigos, dois foram construídos ha aproximadamente 10 anos, e o outro apenas três meses, desse último nada foi levado.

Dois boletins de ocorrência foram registrados na Delegacia de Polícia Civil daquela cidade, e um processo de investigação foi aberto, a tentativa da polícia é identificar os autores do ato criminoso e descobrir para onde são levados os ossos furtados. Essa não é a primeira vez que ocorre vilipendio de cadáver em Brasileia, a falta de vigia no cemitério acaba facilitando a entrada de criminosos ao local.