Lentidão nos serviços da BR-364 é questionado durante uma reunião em Feijó

Engenheiro Civil e diretor do Departamento Nacional de infraestrutura e Transportes (DNIT) no Acre, Thiago Caetano, virou pauta nas rodas políticas e, principalmente, na Assembleia Legislativa, onde políticos da ala petista criticam pela lentidão nas obras de recuperação da BR-364.

Com a lentidão dos serviços que compreende o trecho que liga Feijó ao Rio Jurupari, o prefeito de Feijó Kiefer Roberto e senadores Sergio Petecão e Gladson Cameli solicitaram do Superintendente do DNIT, Thiago Caetano, maiores explicações sobre o andamento da obra.

A reunião aconteceu na manhã de sábado, (12), no prédio da Câmara Municipal de Feijó, com a presença do prefeito Kiefer Roberto, Senadores, deputados, vereadores e seguimentos da sociedade.

A comentar as críticas, o superintendente, lamentou e considerou as cobranças demasiadas e desproporcionais, pois nunca nesse Estado houve esse nível de cobrança, especialmente durante a construção da rodovia, quando era a fase mais importante, pois problemas executivos durante a construção trazem graves consequências durante a utilização da rodovia, que é o que temos vivido nesses dias.

A ser questionado pelo o Senador Sergio Petecão e Prefeito Kiefer, sobre o receio da cidade de Feijó ficar isolado durante o período invernoso, Thiago Caetano, não demonstrou que estaria preocupado com essa possibilidade. E finalizou dizendo “estejam cientes, que a os serviços da BR-364 serão concluídos até meados de outubro”

Disse ainda, que os serviços da estrada seguem um cronograma técnico do DNIT, com início, meio e fim, não havendo razão nem uma para tantos questionamentos, conclui Thiago Caetano.