Manifesto contra a PEC 287 invade as ruas de Feijó

Uma multidão de estudantes e trabalhadores tomou as ruas do Centro de Feijó na manhã desta quarta-feira, 15, em manifestação contra a reforma da Previdência proposta pelo governo Temer.

O protesto teve concentração inicial na praça do três Poderes. Depois, os manifestantes, conduzidos pelas centrais sindicais, saíram pela rua Floriano Peixoto, Marechal Deodoro e Plácido de Castro. Os manifestantes repudiaram a reforma proposta pelo governo. Alguns deles se manifestaram com um “fora Temer”.

“É a proposta da morte, que mata a aposentadoria do trabalhador”, disse a sindicalista professora Rosilene, presidente do núcleo do Sinteac, em Feijó

A reforma da Previdência do governo Temer tramita no Congresso Nacional prevê, entre outras coisas, idade mínima de aposentadoria de 65 anos e contribuição previdenciária por um período de 49 anos.