Mulher é presa e diz que pagava R$ 500 reais para agente entregar celulares a detentos no Acre

O agente penitenciário Josimar dos Santos Ferreira, 43 anos, foi preso em flagrante pelos colegas de trabalho, quando entregava dois celulares aos detentos da Penitenciária Evaristo de Morais, na manhã da sexta-feira (12), em Sena Madureira, município do interior do Acre. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil daquela cidade e durante depoimento ao delegado teria afirmado que era assediado por membros de facções criminosas.

Ainda na sexta-feira, os policiais prenderam por associação criminosa, uma mulher identificada como Ana Paula da Silva Lima, 25 anos. Ela teria confessado que pagava R$ 500 reais por cada aparelho celular que o agente conseguia levar e entregar aos presos. A prisão de Ana Paula desarticula o velho esquema de entrada de produtos e objetos ilícito no presídio de Sena.

O agente Josimar dos Santos, além de responsabilizado criminalmente, também responderá a processos administrativos do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC). Ele pode ser exonerado do cargo. De acordo com delegado Marcos Franck, responsável pelo caso, o pedido de prisão ao judiciário foi acatado e, de posse do documento, o mandado foi cumprido.

“Em depoimento, o agente infrator afirmou que era assediado por detentos que fazem parte de facções criminosas para entregar celulares dentro do presídio. Nos debruçamos sobre as investigações e comprovamos o envolvimento da dupla. Ela (Ana Paula), entregou os telefones e pagou 500 reais por cada um”, disse Franck.