Sem habitar natural, bicho preguiça passeia nas ruas de Feijó.

Por consequência das invasões em áreas consideradas de APPs, os animais silvestres de pequeno porte, são vistos disputando espaço, com veículos e pedestre que circulam nas ruas de Feijó.

Nesta segunda-feira, em plena luz do sol, um bicho preguiça perambulava lentamente na rua, próximo ao prédio do INSS. Seu estado físico apresentava hematomas na parte facial, provavelmente, alguém tenha atropelado.

O bicho preguiça precisou da ajuda do enfermeiro Cícero do Hospital para ser socorrido e levado ao seu habitar natural. Principalmente em áreas que tenha bastante imbaúba; pôr ser o alimento preferido da preguiça.